sábado, 8 de junho de 2013

ISAÍAS 51 a 53 - PARTE III





Acho que os comentários deste post do Rabino em grande parte perderam o sentido. O rabino Ventura quis apenas mostrar a interpretação judaica do assunto, mas cá estamos com as pessoas defendendo isto ou aquilo. A gente perde tempo com isto porque nenhum de nós saberá ao certo o porque das coisas por mais que estude. 

Eu já decidi deixar para depois da morte (caso seja possível) para perguntar ao Eterno porque Ele fez as coisas como fez. 

Eu não sigo uma religião à risca por assim dizer e procuro conhecer o máximo possível, mas tenho inclinação para o cristianismo. 

Pessoal, vamos fazer como a Torah e o rabino Ventura ensinam: amar à Deus e amar ao próximo. Porque é o melhor que podemos fazer e é o que o mundo mais precisa no momento. Chega desse bla bla bla. Como o Ventura costuma dizer: Atitude! Prática!
Gosto  1  3/6 às 13:14


Hadley Magno acho salutar as pessoas fazerem seus questionamentos e assim elevar seu conhecimento e o melhor de tudo, fazerem elas pensarem. O que talvez incomoda muitos (e eu me incluo no meio deles) é justamente pelo fato de muitos não pensarem. Veja o seu post...pense no que escreveu!! Se vc analisar vai perceber que vc escreveu o seguinte "eu não li nada e não entendi nada" pois é impossível uma pessoa ler o que já foi colocado aqui e não fazer muitos questionamentos de forma seria e sincera a respeito das verdades que o cristianismo defende em cima de textos QUE NÃO SÃO PRODUTOS CRISTÃOS !!! Eu não questiono o que está no Novo Testamento pois ali é questão de acreditar ou não, mas aquilo que é judaico, eu domino porque estudei, e sei que o profeta judeu visava um publico judeu....eu não tenho porque aceitar como verdade suprema e sinceramente jamais iria aceitar, por isso sou judeu, e não cristão.
Gosto  1  3/6 às 14:30


Querido amigo Rabino Gilberto Venturas. Lí seu texto e achei-o muito bom e ao contrário do que pensava só veio para acrescentar, somar. Quem fica confuso é porque não tem uma fé sólida firmada sobre a Rocha, fica correndo atrás de ventos de doutrinas e comendo tudo que acha pela frente. Vivemos dias maus, tempos de apostasia, anomia (despreso da Torah), esfriamento e abandono da fé... afinal estamos em Sodoma e Gomorra e a humanidade caminha a passos largos rumo à destruição de valores morais, físicos e espirituais. Quem viver verá. Busquem ao Eterno enquanto se podem acha-lo. No mais tudo na Santa Paz. Bom dia.
Editado  Gosto  1  3/6 às 15:28


Caro Gilberto, hoje estou sem cefaléia. Fui ler mais sobre Jeremias 22 e compreendi o exílio e tb q esta maldição foi quebrada. Ok. Por outro lado, como vc me respondeu q o vs "se deixou enumerar entre os transgressores"se refere aos judeus marcados com números em brasas e assim enumerados entre os transgressores, ao ler a Bíblia Hebraica, a partir do vs 9, lemos q sua tumba ( do seu servo, de Israel ) foi feita pelos PODEROSOS. Alguma tumba foi feita por poderosos no Holocausto? APROUVE ( gosto muito dessa palavra! ) AO ETERNO oprimi-lo ( ao seu servo q é Israel ) para testar se sua alma ( de seu servo Israel, os q foram mortos no Holocausto como vc me respondeu sobre enumerados entre os transgressores ) SE OFERECERIA COMO RESTITUIÇÃO, para ver prolongados os dias de sua semente ( aqui não é semente exílio, são filhos! ), e sentir prosperar, por seu intermédio, os DESÍGNIOS DO ETERNO. No vs 11 lemos q o servo q é ISRAEL, PERCEBEU O PROPÓSITO e ACEITOU o sofrimento de sua alma ( o Holocausto, se formos seguir a sua resposta sobre enumerados entre os transgressores ) e q SUPORTOU as iniquidades das nações. No último vs está escrito PQ EXPÔS SUA ALMA ( do servo, de Israel ) à DESTRUIÇÃO e se deixou ENUMERAR ENTRE OS TRANGRESSORES, q vc me explicou q são os judeus q foram perseguidos, presos, torturados e mortos no Holocausto, inclusive parentes seus. Conheci judeus q se revoltaram contra o Eterno por causa do sofrimento terrível do Holocausto. Faço mais uma pergunta para VOCÊ e/ou para o Ronaldo APENAS e please, não responda inbox. A pergunta é: O Holocausto APROUVE ao Eterno, conforme lemos neste texto de Is. 53 e conforme vc correlaciona com os enumerados entre os transgressores deste período terrível da história da humanidade? APROUVE AO ETERNO OPRIMÍ-LO para testar se sua alma ( do servo, de Israel ) se ofereceria COMO RESTITUIÇÃO é o q lemos no vs 10. Aguardo sua resposta e a do RONALDO apenas, como se vocês fossem professores. Muito obrigada pelo nosso diálogo saudável, educado e respeitoso. Abçs.
Editado  Gosto  3/6 às 17:16


Gilberto, rabinos ( sábios ) mais antigos compreendiam q este texto se referia ao Messias?
Gosto  1  3/6 às 17:19


CidaCidinha Maranata, por falar em perguntas não respondidas uma única e tão simples pergunta que te fiz, até agora não obtive resposta, quero crer que tenha sido por falta de visualização, refaço a pergunta : qual é a sua linha reliósa?
Gosto  3/6 às 18:06


El-iézer querido, me perdoe, mas eu realmente não vi sua pergunta! Em q post e há q horas vc me fez esta pergunta? Pelo meu nome vc pode ver q é um nome católico, mas há muitos anos deixei o catolicismo e sou cristã evangélica e presbiteriana. Respondido?
Editado  Gosto  1  3/6 às 18:15


re-pon-di-dí-ssi-mo, minha querida, não tenho nada a te perdoar, gostei muito da referencia que você trouxe de jeremias 22 deixando claro o que é a figura do Rei seus servos e o povo de Judá. E quando ao lermos Isaías 53- 9 fica absolutamente claro que o ETERNO estava se referindo ao salvador e não ao povo judeu. Eu também senti que não houve como refuta-la porque quem assim o fizer poderá estar refutando a Palavra da Verdade e não necessariamente você. estamos juntos pelo menos em Isaías 53 hahahah que o ETERNO continue a iluminar. shalom.
Editado  Gosto  3/6 às 18:25


El-iézer, q bom q vc gostou. Um ótimo dia pra vc!
Gosto  3/6 às 18:23


Cida Cidinha Maranata, me perdoe, vendo os posts, me deparei com o nome da pessoa a que fiz essa pergunta, e para a minha surpresa essa pessoa não foi você, desculpa querida, fiz essa pergunta para a Regina. Mas o que não neutraliza em nada o meu comentário em cima dos seus posts. ok. shalom.
Gosto  3/6 às 18:41


Cida não sou o Rabino Ventura mas vou responder sua questão e peço desculpas ao Rabino, caso ele depois queira te responder de uma outra forma e mais completa eu ficarei honrado em aprender com ele também. O texto hebraico que vc cita que está no verso 9 de Isaias 53 diz o seguinte: ט וַיִּתֵּן אֶת -רְשָׁעִים קִבְרוֹ, וְאֶת-עָשִׁיר בְּמתָֹיו; עַל לֹא-חָמָס עָשָׂה, וְלֹא מִרְמָה בְּפִיו. "Sua sepultura foi assinalada com o perverso; e com ricos em seus mortos; mesmo que ele não tenha cometido violência, e nenhuma falta com sua boca." Sepultura são covas raças e não TUMBAS como vc deseja ou gostaria que fosse. Agora vejamos o texto fala que a sua sepultura (do povo judeu) foi assinalado entre os perversos e ricos...Jesus ao morrer foi sepultado com os perversos e ricos ??? Onde está este relato ?? Vc tem que pensar e analisar a coisa de forma racional, nao pode simplismente acreditar. Portanto este verso não dá para ser aplicado a Jesus nem da forma mais absurda que possa existir pois ele não foi si quer enterrado...e de acordo com os evangelhos ele foi colocado apenas numa tumba e ressuscitou no terceiro dia...o que piora ainda mais qualquer argumentação ou alegação cristã de que Isaias53 seja uma profecia cumprida em Jesus. A respeito do verso 10 eu vou analisar aqui, ele diz o seguinte....ויהוה חפץ דכאו החלי אם תשים אשם נפשו יראה זרע יאריך ימים וחפץ יהוה בידו יצלח Va-Adonay chafetz dakeô hecheli. Im tassim asham nafshô yir'eh zerá yaarikh yamim ve-chefetz Adonay be-yadô yitslach.

10 "E ao Eterno agradou ferí-lo, fazendo-o adoecer. Se ele imputar culpa à sua alma, verá sua descendência prolongar os seus dias, e a vontade do Eterno prevalecerá pela sua mão." 

“E ao Eterno agradou ferí-lo” - Sabemos pelo profeta Oséias que foi o Eterno que feriu Israel, Seu Servo, e é Ele mesmo quem os cura:
“Vinde, e tornemos para o Senhor, porque ele despedaçou e nos sarará; fez a ferida, e no-la atará” (Ose 6:1). Todo judeu sabe que nada no Universo ocorre sem que D-us esteja no comando ou melhor determina tais acontecimento. Assim como ocorreu com Yov (Jó), aconteceu com o povo judeu, não é que D-us no verso ficou alegre com as desgraças do povo judeu, mas sim que isso infelismente precisava acontecer para que o povo acorda-se e um mal ainda maior abatece o povo.

“Se ele imputar culpa à sua alma...” - Note que a tradução da frase deixa claro que o Servo não tem culpa, mas se ele imputar culpa à si mesmo “verá sua descendência prolongar os seus dias”. Ao longo do texto bíblico, vemos os profetas e os justos entre os israelitas assumindo, tomando sobre si a culpa que não tinham pelos pecados do seu povo. Daniel é um clássico exemplo:

"Eu, pois, dirigi o meu rosto ao Eterno D-us, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, e saco e cinza. E orei ao Eterno meu D-us, e confessei, e disse: (...) pecamos e cometemos iniqüidades, procedemos impiamente, e fomos rebeldes, apartando-nos dos teus preceitos e das tuas ordenanças. (Dan 9:3-5)"

Jeremias embora inocente assim como Daniel, assumiu a culpa do seu povo:

“Nós transgredimos, e fomos rebeldes” (Lam 3:42) 

“verá sua descendência prolongar os seus dias” - O salmista afirma que os justos florescerão como a palmeira (Sal 92:12), isto é, sua descendência permanecerá para sempre; o Eterno promete preservar os seus santos(justos) (Sal 37:28) e seus dias serão como os dias da árvore (Isa 65:22).

“a vontade do Senhor prevalecerá pela sua mão” - Através do sofrimento inflingido ao Servo, a vontade de D-us finalmente prevalecerá. Sabemos que Israel foi posto por luz das nações (dos gentios) de acordo com Isa 42:6 e 49:6. Ao perceber a penúria e a aflição do Servo do Senhor, as nações serão finalmente compungidas, levadas a entender o propósito do Eterno D-us. Assim, o véu posto sobre o entendimento dos não-judeus será levantado (Isa 25:7) e os povos do mundo buscarão a D-us através do povo judeu (Zac 8:23), reconhecendo que só herdaram mentiras e ilusões dos seus lideres (Jer 16:19-20).

Agora pense nas minhas questões que exponho para vc Cida....E quanto a Jesus? Concordariam os cristãos que D-us agradou-se com a sua execução sobre uma cruz romana???? 
E o que dizer da frase, “se ele imputar culpa a sua alma”? Será que em algum momento Jesus cogitou a hipótese de ter alguma culpa???? ou vc reconhece isso nele ???? Será que algum dia imputou culpa sobre si mesmo, pedindo a D-us pelo seu povo???? Eu não vi Jesus fazer isso em nenhum canto dos evangelhos ??? Não encontramos um só verso do NT que apóie isso – muito pelo contrário, pois ele disse: “Quem de vós me convence de pecado?” (Joa 8:46). Jesus não soa nada humilde e nem um pouco disposto a imputar culpa a si mesmo, compartilhando do destino do povo de D-us, assim como fizeram os justos e profetas no passado que eu citei. 
E quanto à “descendência” de Jesus? Onde ela está? Deixou ele alguma semente na terra? De que forma sua semente pode ela mesma “prolongar os seus dias”????
E o que dizer da “vontade do Eterno”? Terá ela prevalecido pela mão de Jesus? O que vemos no mundo hoje depois de 2000 anos de existência do cristianismo? De que forma o mundo mudou – para melhor ou para pior? E o conhecimento das leis de D-us, a que nível está? O que as pessoas hoje em dia conhecem da Torá, da Palavra de D-us? Não há como demonstrar que isso cumpriu-se em jesus, de forma alguma. Até respeito sua crença Cida...mas não aceito que usem os livros sagrados judaicos para justificar algo que é INJUSTIFICAVEL.
Gosto  1  3/6 às 19:12


Cida Cidinha! Maranata (ALELUIA, AMÉM), seu problema quanto ao problema de entender as escrituras é um só: Ao que tudo indica você veio ou pertence à um sistema religioso onde as pessoas são amedrontadas quanto a ler as Escrituras sozinhas tentando entendê-las. Alguns líderes religiosos sentem necessidade de fazer com que os seus membros fiéis se sintam na dependência deles para uma compreensão ou entendimento das Escrituras, por isso metem medo a esses membros caso leiam as Escrituras e procurem ter um entendimento particular fora da sua supervisão. Tais líderes dizem para esses membros que eles correm o risco de se tornarem heréticos ou blasfemos, estando debaixo de maldição. Alguns desse líderes usam isso para ocultar o seu entendimento limitado e restrito (ignorando a luz sobre alguns tópicos), isto é manipulação. Não devemos jamais ter medo de ler as Escrituras, as quais dependem principalmente da LUZ DIVINA, para sua compreensão e entendimento. Certamente o Eterno jamais irá negá a qualquer alma de coração sincero. Eu tive acompanhando algumas de suas perguntas, sobre alguns trechos escriturísticos e pude perceber que os textos citados por você, são todos vertidos de forma direta, não exigindo interpretação ou grande revelação divina para que se possa compreender os mesmos, não há mistérios neles à ser revelados. O problema seu é só o medo de entender o que eles estão dizendo de forma clara e direta, e isso tudo por medo de que o seu entendimento esteja errado! Conheço muitas pessoas atormentadas por este tipo de problema, isto é lamentável (esta manipulação por parte de líderes religiosos). Que ao invés de estimular a leitura das Escrituras, inibe-a, com ameças de maldição!
Gosto  2  3/6 às 19:16


Tumba está escrito na Bíblia Hebraica.
Gosto  1  3/6 às 20:25


Os relatos da sepultura de Jesus estão nos Evangelhos. Por sinal, aonde estão os restos mortais de Jesus?
Gosto  1  3/6 às 20:28


Eu gostaria de citar o nome do rapaz q me fez as perguntas acima mas o tablet não copia e cola e não sei o seu nome pq está em hebraico ( ? ). Sobre Jesus, vou resumir com a frase q ouvi de alguns judeus: Quando o Messias chegar teremos a visão de quem é o Messias. Simples assim. As profecias de Jesus estão todas se cumprindo. É só aguardarmos o Messias. Não estou aqui pra convencer a ninguém sobre o meu Jesus. Já passei dessa fase. Insistir, nem pensar! Como eu disse, quem pode convencer alguém a crer ou não crer, não sou eu ou qq mortal.
Editado  Gosto  1  3/6 às 20:47


Édis meu querido, eu não estou amendrotada em nada. Tenho nível superior, estudo muito e nenhum líder religioso domina a minha mente MUITO MENOS me manipula. É ruim hein?! Estudo sim com outras pessoas, mas todas muito inteligentes e vc já ouvi falar no Espírito Santo? Salomão pediu o q ao Eterno? Vc está enganado sobre a minha mente. Temo à Deus.
Editado  Gosto  1  3/6 às 20:58


Caro Mendel, Se analisarmos as coisas (como você disse) de forma ra-ci-o-nal, não chegaremos a lugar algum, porque coisas espirituais não se discernem com racionalidade humana e nem filosoficamente. Este verso não dá para ser aplicado a Jesus, não pelo fato de jesus não ser MASHIACH, porque a confecção de jesus se deu no século 3 a 4, logo qualquer discussão é improcedente, perda de tempo, tolice, Mas ao entrarmos na re-ve-la-ção da profecia no oculto e no profundo onde a mente humana não tem aceso, a resultado é outro. Eu não sou judeu ortodoxo e muito menos cristão, me sinto a vontade para expressar também algo que acredito. Não chegaremos a lugar algum se não atermos para os nomes kadosh que o ETERNO pôs em seus profetas, e também no seu MASHIACH. 1º Quem foi yesha'YAHU? e o que o seu nome quer dizer? YAHUH É SALVAÇÃO. He'eh que, yesha'YAHU foi o maior de todos os profetas a profetizar a cerca do MASHIAC. A halacha o todo o rabinado de Israel jamais iriam aceitar a mínima hipótese de o cap: 53 de yesha'YAHU vir a se referir ao MASHIACH de YAOSHORUL ou (is-ra-el) porque teriam que mudar toda a base do judaísmo ortodoxo concernente a vinda tão demorada do MASHIACH bem David, e assim todo o povo que se chama pelo o nome do ETERNO vem a milênios esperando o que há exatos dois mil e treze anos esteve convosco em Natzeret onde havia sido criado, e no shabbat se dirigiu à sinagoga, como era de seu costume, e levantando para ler, e leu oque? o que mesmo Ele leu? Ele leu o que foi Espiritualmente revelado para yesha'YAHU. A prova de que Ele era o MASHIACH que vocês negligenciaram, foi exatamente como que yesha'YAHU expressou a revelação quando disse: O RUACH de HA-SHEM e-s-t-á, ESTÁ, sobre mim; portanto Ele me ungiu para anunciar noticias boas aos pobres; enviou-me para proclamar liberdade aos presos e recuperar a vista dos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar "O" ano do favor de HA-SHEM YHWH YAOHUH "O" ETERNO baruch hu. Mas, quando o MASHIACH YAOHUshua fez sua leitura Ele mudou o sentido do verbo "estar" quando disse: O RUACH HAKODESH de YAOHUH YHWH "E" do verbo "SER" SOBRE MIM. E depois de ter fechado o rolo devolveu par o shammash, e se assentou. A halachá e todo o rabinado da época ficaram estarrecidos e boquiabertos, e pior quando o MASHIACH lhes disse: Hoje como vocês ouviram a leitura, esta passagem do Tanakh foi C-U-M-P-R-I-D-A. " Este pode ser o filho de Yoséf? diziam eles. E eu lhes respondo pelo RUACH HAKODESH : Em Verdade e em Verdade vos digo que Ele era sim o filho de ben Yoséf. Agora examine o homem a si mesmo e julgue por vós mesmos ou pela reta justiça. que tem se revelado dia após dia, para "O" POVO que se chama pelo seu nome, que antes não eram povo, mas agora sois, mas quem é o povo de HA-SHEM? os nascidos em YAOSHOUL (is-ra-el)? não só, não só meus amigos, porque a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido é aquele que tem anunciado as virtudes daquele que vos chamou das trevas para sua maravilhosa luz. Em suma o POVO DE HA-SHEM YHWH YAOHUH é todo aquele que tem feito a sua vontade. baruch hu.
Gosto  2  4/6 às 1:21


AMADA CIDACIDINHA MARANATA. E SE DE REPENTE A REVELAÇÃO TE VIRASSE DO AVESSO E VOCÊ VIR A DESCOBRIR QUE O AVESSO É O LADO CERTO?” CONCERNENTE A ESSE JESUS GREGO ROMANO A QUEM VOCÊ VEM ADORANDO SEM SABER QUEM REALMENTE ELE É? HUM? 
ENTÃO SE LIGUE: TODA A REVELAÇÃO DO ETERNO E ÚNICO UL-HIM (D’US NO PAGANISMO BABILÔNICO CRISTÃO) FOI EXPRESSA EM IDIOMA (LASHOM HAKODESH) “LETRAS SAGRADAS” HEBRAICO FENÍCIO ESCRITO DA DIREITA PARA A ESQUERDA, É QUASE QUE IMPOSSÍVEL ENTENDER O PROPÓSITO ULTIMO EM SUA EFICÁCIA NAS ALMAS (VIDAS) DAS PESSOAS, LENDO UM LIVRO ADULTERADO PELO SISTEMA DE ESCINO CHAMADO DE TEOLOGIA SISTEMÁTICA DE PENSAMENTOS GREGOS ROMANO QUE DERAM LUZ AO CRISTIANISMO NORMATIVO DE ROMA GEROU O GRISTIANISMO EVANGÉLICO. MAS O RUACH ( SOPRO- VENTO- ESPÍRITO) INTERCEDE COM GEMIDOS INEXPRIMÍVEIS, E A VERDADE ESTÁ SENDO APRESENTADA AO MUNDO EM SUA FORMA O-R-I-G-I-N-A-L. E VOCÊ QUE É UMA PESSOA BOA E DA LUZ, NÃO DEVE FICAR FORA.TENHO QUE POR CERTO QUE VOCÊ SERÁ ILUMINADA MAIS E MAIS, BEM COMO A LUZ DA AURORA, ATÉ SE TORNAR DIA PERFEITO. SHALOM ALEICHEM (PAZ SEJA CONVOSCO).
Editado  Gosto  2  4/6 às 1:46


El-iézer, meu amigo, "esse" Jesus, o MEU Jesus, me escolheu. Não fui eu q O escolhi. Vc deve saber o q é orar e conhecer o poder da oração. Eu oro e muito. Jejuo tb. Não posso crer q Deus feche os ouvidos para a minha oração sincera sobre o meu caminho. Oro desde criança, sou temente à Deus e O louvo, O glorifico, rogo para q Ele esteja comigo sempre e repito todos os dias q eu acordo e vivo pq Ele, o Altíssimo Eternamente, JUSTO, a MINHA ROCHA, em quem não há injustiça, ME SUSTENTA. Tenho certeza q o controle da minha vida está nas mãos dEle e já vi a manifestação dEle na minha vida e o Seu amor por mim. É isso. Shalom!
Gosto  1  4/6 às 4:20


El-iézer, vc sabia q o Segundo Testamento, igual ao Primeiro, está escrito de uma forma q simples pescadores não poderiam escrever e q cada palavra, cada frase, cada texto é múltiplo de 7? A pessoa q estudou isso levou 50 anos fazendo este estudo, terminou a pesquisa com 80 anos e era um ateu, q deixou de ser ateu. Panin e outros estudiosos juntos com ele, levaram um mês para escrever apenas uma frase em q tudo fosse múltiplo de sete. Algum rabino estudioso, sábio, conhecedor do grego poderia comprovar este estudo.
Editado  Gosto  1  4/6 às 4:40


Quase 500 comentários! Amigo Gilberto, quem fará o comentário 500? Parabéns! O tema tem muita coisa pra se estudar.
Gosto  1  4/6 às 4:38


O Texto, pode ter muitas interpretações e muitas formas de "torce-lo", é natural que muitos o interpretem de "muitas" formas diferentes. Porém, na realidade, O TEXTO PODE SIM ser interpretado das duas maneiras, tanto para o "Servo", quanto para o "Povo". As duas cabem. Eis a questão. Para saber qual é a interpretação correta, precisamos ouvir a Voz do ETERNO, B"H! Diversas Profecias do Tanach se aplicam a várias situações diferentes, porém, com o mesmo propósito. Nestes casos, vemos situações separadas, que são simultâneas, e que ao mesmo tempo, são PARALELAS. Nestes casos, sabemos que existem propósitos muito profundos para tudo isto. Na minha opinião, a visão do "Povo" sim está correta, mas a visão do "Servo" também se aplica. Afinal, não podemos descartar que o texto PODE SIM ser traduzido de tal maneira em relação ao "Servo". Na minha opinião, o texto se aplica para as duas formas de interpretação ao mesmo tempo, indicando uma mensagem ainda mais profunda e mais rica. É fantástico como a Palavra do ETERNO, Bendito Seja ELE, é rica e surpreendente. É uma fonte inesgotável de comprovação e sabedoria que se encaixam em várias áreas da história e da vida. É como se tudo se "encaixasse se encaixando". A Palavra do ETERNO, Bendito Seja ELE, é sempre mais profunda do que imaginamos.E por ser a Palavra do ETERNO, possui Sabedoria Infinita!. Glorificado Seja o ETERNO, B"H!
Editado  Gosto  4  4/6 às 11:31


CidaCidinha Maranata, escrever frases e textos multiplos de 7 usando princípio judaico como a decodificação, é uma forma especialíssima não resta duvidas, o que é de igual forma absolutamente duvidoso á por quem foi escrito e com qual o propósito. Na quimiatria ( ciência hebraica que numera as letras) trás um estudo infinitamente claro concernente ao NOME que está acima de todos os nomes. E esse NOME não é um nome grego romano, É um nome como disse o amigo Leonardo Carvalho é um NOME 100 % J-U-D-A-I-C-O. E é ai que está toda a luz para os que buscam a luz, e toda a treva para os que são trevas, não estou generalizando e nem levando para o pessoal em apótese alguma. Porém há coisas que gostaria de escrever-te mas seria inadequado ler agora, fica a seu critério criar um mecanismo que permita esse contacto. Te admiro pela coragem e ousadia de expor aquilo o que conheceste a cerca da salvação, acho isso importantíssimo em uma pessoa, fique na shalom do ETERNO baruch hu.
Editado  Gosto  3  4/6 às 12:08


Queridos amigos, fico feliz com a manutenção do respeito, apesar de sentir pelo foco ter se desviado dos argumentos do texto. Abs a todos!
Gosto  4/6 às 11:46


Epa!!! "O Mashiach e a era messiânica não são exclusividade de ninguem!" Cuidado com este discurso! A era messianica beneficia TODA A HUMANIDADE!
Gosto  8  4/6 às 11:48


A Toráh foi entregue ao povo judeu, que ao modesto modo de ver tem uma função sacerdotal pra todas as nações. O conceito de Maschiah ser propriedade do judaísmo , discordo. O Maschiach não é centro da fé de ninguém, mas ele e nós pertecemos ao ETERNO, bendito seja ELE, e devemos nos servir mutuamente como irmãos e não nos colocarmos em posições " a primeira vista" de superiores ou exclusivistas.
Gosto  4  4/6 às 11:57


Perfeito amigo Joel!
Gosto  3  4/6 às 12:02


Oy Vey!!!!!
Gosto  4/6 às 12:02


Gilberto Venturas posso por um video sobre esse tema ?
Gosto  4/6 às 12:03


Normalmente peço para evitar videos e textos compridos copiados, amigo.
Gosto  4/6 às 12:04

Gosto  4/6 às 12:05


Voltamos para o mesmo assunto, não? Isaías 53.
Editado  Gosto  4/6 às 12:11


Leonardo, de boa... São 8 horas da manhã. - Vc acha mesmo que as pessoas não tem nada o que fazer? Vc acha que as pessoas ficam 24 horas na frente de um computador só pra responder suas perguntas? Vc publicou 5 posts em menos de 1 minuto e quer mesmo que em menos de 30 segundos as pessoas te respondam????
Gosto  1  4/6 às 12:12


LEONARDO O FUNDAMENTALISTA, SAIBA QUE "O" MASHIACH É DE TODOS OS QUE TEM FEITO A VONTADE DE HA-SHEM "O" ETERNO EHAD, SEJAM JUDEUS OU CIDADÃOS ETÍOPES, BRASILEIROS OU BANGLADESHIANO, CAPISCO?
Gosto  1  4/6 às 12:15


hauahuaahahauahauhaa.... Raniery ZarchaiPaulo LinsRodolfo PenteadoHugo RavelMatheus Meir Cardoso .... Bevacashah, leiam os 7 últimos posts.... Só leiam... uhauahaijauaha
Gosto  4/6 às 12:15


APAGAR NAO.. seja homem!
Gosto  4/6 às 12:16


Foi homem pra escrever, tem que ser homem pra assumir... Que judeu é esse que nao assume o que diz???
Gosto  1  4/6 às 12:17


Mas vai mostrar que é um covarde sem palavra. E um homem se mede pelas atitudes. Judaismo é atitude.
Gosto  1  4/6 às 12:18


Nao é minha vontade. Mas um homem tem que assumir seus atos... E o Rabino agora está ocipadp e nao pôde ler as suas perguntas.
Gosto  4/6 às 12:20


A era messiânica tem como objetivo final o Conhecimento do Eterno por todas as nações e isso é muito claro em varias profecias. O q tbm eh claro eh q em nada contribui fazer afirmaçoe s q podem ser facilmente compreendidas como xenofobas. Nao pensamos assim e nao agimos assim amigo!
Gosto  4  4/6 às 12:20


Leonardo... Leia o Rav foi muito claro no post.
Gosto  1  4/6 às 12:22


Estou no transito amigo!!!
Gosto  1  4/6 às 12:24


Debaixo da imagem, vc clica em ver mais e vc verá um texto enorrrrrme. Dá uma lida no texto todo. Bom, Boker Tov a todos e bou tomar meu café.
Gosto  4/6 às 12:24


Totalmente meshugna.
Gosto  4/6 às 12:27


Olha, eu não queria criar nenhuma polêmica, apenas falei uma verdade. O Messias beneficiaria a todas as nações, mas é propriedade do Judaísmo... Isso é uma verdade...
Gosto  4/6 às 12:30


Eu vou tomar meu café. Depois eu vou dar a minha opinião. Mas a minha opinião não quer dizer que é a resposta correta, valeu?
Gosto  1  4/6 às 12:32


O mais legal nisso tudo é que VOLTAMOS para Yeshayahu - Isaías 53...Percebem?
Editado  Gosto  2  4/6 às 12:52


Rabi Ventura, eterno More: Vc sempre incansável. Esta causa que vc abraçou (diálogo inter-religioso) requer predicados importantes e difíceis de serem alcançados pela maioria dos mortais, tais como: segurança absoluta qto aos seus conceitos/valores e afirmações (sei que neste ponto, a Tora lhe fornece as ferramentas). Mas tb paciência, compreensão, jogo de cintura, escôlha das palavras certas - ditas e colocadas da forma e no momento certo (p/ não gerarem más interpretações), etc. Porem, creio que o ingrediente mais importante aí, seja sem pieguice, AMOR. Pq só impelido por ele, alguem compraria esta batalha. PS: Já imagino que vc vá mencionar que os demais itens, são igualmente fornecidos pela Tora, especialmente o Amor. Enfim, segue minha sempre gde admiração e abraço, Patricia.
Gosto  5  4/6 às 12:45


De coraçao agradeço cara amiga!
Gosto  2  4/6 às 12:52


Bom. Entenda que o capítulo 53 é só mais um capítulo de um livro inteiro. Logo, um capítulo não pode ser lido independente do resto da obra. No caso de Isaias não é diferente. Se uma pessoa ler o capítulo 53 sozinho, poderá ser levado a crer que está se referindo ao Mashiach. Mas, em capítulos anteriores, Isaias deixa claríssimo que o servo de D'us é TODO POVO DE ISRAEL. O judaismo é um "religião" coletiva. ie. Todo o povo tem que estar em sintonia com o ETERNO e cumprindo as mitzvot. Não basta só Fulano e Beltrano seguir e o resto viver no "Oba-Oba" É como a brasa, quanto mais brasa, mais luz e calor emana. Quanto menos carvão perde a brasa, mais frio e escuro fica. Por isso Isaias se refere ao POVO DE ISRAEL como o SERVO de D'us. Pois é de responsabilidade do povo de Judeu ser temente a D'us e cumprir suas mitzvot e contribuir com o desenvolvimento da humanidade (Toda humanidade). (Continua)
Gosto  3  4/6 às 12:55


André Ranulfo: Perfeito! Concordo plenamente.
Editado  Gosto  4/6 às 13:01


Como eu disse, esta afirmação Está correta! Como disse, acredito nas duas formas... Como eu bem expliquei acima...
Editado  Gosto  4/6 às 13:02


Quanto a exclusividade do Mashiach para o Povo Judeu, vejo um grande equivoco. Pois O Eterno nosso D'us ama a TODAS as suas criaturas por igual. Nem Moshé foi amado mais que os outros. - Mas a questão é que nos tempos de Mashiach, ao salvar o Povo Judeu, estará salvando toda humanidade. Mas como? Pela famosa cadeia de eventos (igual no Livro de Esther). É comoo efeito dominó. Ajudando o povo judeu, o povo judeu ajudaoutro povo, que ajuda outro povo, que ajuda outro povo... E no fim, todos os povos serão Abençoados. -- Bom, essa é minha opinião. Mas como diria caetano: "Ou não".
Gosto  1  4/6 às 13:03


Amigo, eu não disse que o Messias só virá para o povo Judeu! O que eu disse, foi que o Messias é Propriedade do Judaísmo! E sim beneficiará todas as Nações
Gosto  1  4/6 às 13:05


Porém é propriedade do Judaísmo, de fato.
Gosto  4/6 às 13:05


Amigo... Da mesma formaé o Livre-arbítrio. ---- Aonde está escrito "Livre-Arbitrio" na Torah? Hein? Hein? Mas mesmo assim, é um dos pilares do judaísmo. - Mesma coisa são os Tempos de Mashiach, deve haver lógica. Se Dús é poro amor (Chessed) não teria como ele amar um povo mais que ama o outro. Pois, na Torah diz que o Eterno ama a TODOS. Logo, Ele jamais faria uma "salvação" só para um grupo em específico. Que deus injusto seria esse, que só salvaria um grupo?
Gosto  1  4/6 às 13:07


Salvação?
Editado  Gosto  4/6 às 13:08


ops.... Guevurah....
Gosto  4/6 às 13:08

Gosto  4/6 às 13:09

Gosto  4/6 às 13:09


O judaísmo é a única "religião" que entende que TODOS os povos irão ser salvos. Isso é básico no judaismo. Diferente de outras religiões que se vc não for da religiao deles, sua alma será condenada eternamente. -- O judaismo é uma das únicas a crer que TODAS as almas um dia serão religadas ao Criador.
Gosto  3  4/6 às 13:10


Pois, por isso perguntei... Que Salvação seria...
Editado  Gosto  4/6 às 13:12


Viu, só para ficar bem entendido, Quando eu falei sobre o Messias ser uma Propriedade do Judaísmo: quando eu disse, eu não falava sobre os demais amigos e irmãos, mas sim eu falava contra uma falsa religião chamada de Christianismo que muito prejudicou o nosso povo Judeu. Por isso eu fiz aquela afirmação com tanta ênfase.. Pois eles se julgaram o "Próprio Israel" de D-US e se acharam no direito de nos fazer tudo o que fizeram de mal..
Editado  Gosto  2  5/6 às 7:29


Nós somos seres tridimensionais. Vivemos nesse plano de existencia. Aqui no Mundo, de carne e osso (Podemos chamá-lo de Malchut). Logo, o Mashiach terá que operar aqui em nosso plano. Eu vejo (opinião minha) que o Mashiach trará uma salvação terrena. Tempos de bem estar, de plenitude (paz) a todas as nações. Tempos de intendimentos, sem fronteiras e barreiras, sem guerras e fome.
Gosto  1  4/6 às 13:15


Abençoado El-iézer B Yohanan, tô encantada com vc tb e com o Ronaldo Jacob! Q pessoas gentis e nobres! O q mais me chamou atenção, foi q vc se dirigiu a mim como "amada", forma como os meus irmãos em Cristo costumam se dirigir à outras pessoas, diferente de outros q fizeram gracinhas sem graça... Enfim, o seu carinho é INFINITAMENTE maior q a indelicadeza de poucos. Sobre a numerologia bíblica, o nome de Jesus é 888. Como eu te disse, para pescadores simples, com pouca instrução seria quase impossível esvrever TUDO em múltiplos de SETE. Seria bom q algum outro estudioso conferisse. A pessoa q fez esta pesquisa era um estudioso q conhecia bem o hebraico e o grego e levou apenas 50 anos pra concluir a pesquisa.
Gosto  4/6 às 13:17


Leonardo, não só os seguidores de Jesus, mas também os de Maomé. - Mas entenda, no plano espiritual, todos (sem excessão) irão retornar ao criador. Alguns demorarão mais que outros. Daí h´processos que a maioria entende como reincarnação.
Gosto  1  4/6 às 13:17


ENTENDIDO, E COMPREENDIDO CHAVER!! HAHAHA, PORÉM LEMBRE-SE QUE AS PALAVRAS TEM PODER, E A FLECHA QUANDO LANÇADA FICA DIFÍCIL CORRER ATRÁS E PEGA-LA. SHALOM.
Gosto  1  4/6 às 13:23


SAIBA MEU JOVEM QUE QUEM TE CONHECE MESMO, TE CONHECE NO OCULTO E NO PROFUNDO DE DE SUA ALMA. E ESTE SABE REALMENTE O QUE É TESTIFICADO EM SEU CORAÇÃO E ENCUCADO NE SUA MENTE. FIQUE EM PAZ.
Gosto  1  4/6 às 13:27


Gilberto Venturas, "Queridos amigos, fico feliz com a manutenção do respeito, apesar de sentir pelo foco ter se desviado dos argumentos do texto. Abs a todos!". Voltando ao "foco", vc citou em outro post sobre o Eterno nos testar. Neste capítulo de Isaías lemos sobre TESTAR. Estou sem a minha Bíblia Hebraica e muito longe da minha casinha por isso não vou escrever o vs. O Holocausto segundo a sua explicação está inserido em Is. 53, no vs q cita enumerado entre os transgressores. Então o Holocausto ocorreu por causa da iniquidade das nações e Israel levou sobre si estas iniquidades? Pode responder até de madrugada, sem pressa.
Editado  Gosto  1  4/6 às 13:48


Sobre a Guematria de Jesus ou melhor Yeshu (que é o nome original e hebraico. Bom, Yeshu não é o primeiro nem o único Yeshu que estão na Bíblia. - Tanto Josué e Judas também se chamavam Yeshu. - Quando traduziram a "Bíblia" para o Grego e Latim, usaram grafias diferentes para que o leitor não se confundisse. Principalmente no caso de Jesus e Judas. -- Também nos tempos Bíblicos, ser pescador não havia nada de simples. Não se esqueça que a antiga judéia era um deserto. E ter um barco era caríssimo, pois era feito de madeira (matéria prima rara num deserto) a maioria da madeira vinha importada do Líbano (e era caríssimo). Tanto os pescadores como o próprio Jesus que era carpinteiro, não tinham nada de simples. Pois comprar madeira era algo caro. Logo, Jesus e seus discípulos na verdade faziam parte da classe-média da Judéia.
Gosto  1  4/6 às 13:28


Leonardo... Entendi sim. Mas tenha muito cuidado. Por muito menos, esses outros povos queimaram judeus vivos em seus pogron, altos-de-fé, Holocausto, etc. ---
Gosto  1  4/6 às 13:30


Quando eu pergunto, onde está a Profecia no Tanach que fala que o Mashiach beneficiaria todas as nações, eu pergunto para nos levarmos ao texto de Isaías 53, porque aí vemos que o Texto fala também sobre Messias...
Editado  Gosto  5/6 às 7:30


É neste sentido. Porque como eu expliquei acima, eu acredito também desta forma...
Gosto  4/6 às 13:34


Sobre o Shoah. (holocausto). Uma vez, vi uma palestra do Rabino e Historiador Ken Spiro (que mora em Israel), dizendo que, toda vez que o Povo de Israel se afasta da Torah coisas ruins acontecem ao Povo de Israel. -- Na Alemanha não foi diferente.-- Não é só iniquidade, mas o não cumprimento das Mitzvot, o secularismo e o abandono das tradições faz com que percamos a sintonia com o Etreno (pelo menos, assim eu aprendi) -- O Judaismo é uma religião COLETIVA. Como disse agora a pouco: "Não adianta Fulano e Beltrano seguirem as mitzvot e o resto viver no "Oba-oba".
Gosto  2  4/6 às 13:38


O texto é claro. O texto fala do Povo de Israel.
Gosto  1  4/6 às 13:39


Leonardo Carvalho, me desculpe, mas como o Gilberto já citou, muitos cristãos participam desta página, inclusive eu e como eu já citei, existe no cristianismo q cv chama de FALSA RELIGIÃO ("mas sim eu falava contra uma falsa religião chamada de Christianismo") , o joio e o trigo. Nem todos são o joio, q prejudica pessoas, mas são parecidos com o trigo, crescem com esse e se misturam com o mesmo e como disse o dono desta página, GENERALIZAR não é legal. Vc é judeu? Eu estranho q cristãos q participam desta página, não se manifestem e com sabedoria de preferência, coisa q anda em falta no mercado.
Gosto  4/6 às 13:46


CidaCidinha Maranata: Me perdoe. Assim como o Moré, eu tenho muitos amigos Evangélicos e bem sei que não se pode generalizar, e muitos deles amam Israel. E Sim, eu sou Judeu. Mas, mais uma vez me perdoe. A questão foi outra...
Editado  Gosto  5/6 às 7:31


Cida, só discordo na sua afirmação de que "não se manifestem e com sabedoria de preferência". Pelo que vejo, todo cristão sempre aqui tenta impor e defender suas idéias.
Gosto  1  4/6 às 13:49


El-iézer B Yohanan, POR ONDE ANDA VC?
Gosto  4/6 às 13:51


Mas, em relação ao que eu escrevi se referia mesmo às Falsas crenças de que "agora o Christianismo" seria o "Novo Israel" de D-US, e que o Israel "antigo" teria sido "rejeitado". Na verdade esta Falsa crença foi criada por Roma. Foi um argumento INVENTADO para se acharem no direito de fazerem as maldades deles....
Editado  Gosto  2  5/6 às 7:31


Leonardo, ok, perdoadíssimo! Para mim pedir perdão é muito mais difícil do que perdoar e muito nobre. Eu tb generalizei em relação aos judeus e o Gilberto me deu um toque. Como vc pode ver, pisamos na mesma bola e o q eu citei sobre os judeus, acabei sentindo na pele com suas palavras, mas estamos nesta vida pra aprender e pra nos tornarmos pessoas melhores, não é mesmo? SHALOM!
Editado  Gosto  4/6 às 13:55


Era sobre isso que falava. Por isso eu falei com tanta ênfase sobre o Mashiach ser propriedade do Judaísmo. Embora que ele beneficiaria SIM todas as Nações, é claro! Mas ele é sim propriedade do Judaísmo. E isto é uma verdade. E "as vezes" parece que os Christãos esquecem disso... por isso...
Editado  Gosto  1  4/6 às 14:07


Leo, vc quer dizer ser propiedade do judaísmo OU dos judeus?
Gosto  4/6 às 13:57


Pessoal essa é a questão,quando falam da arvore ignoram os frutos, e quando falam dos frutos, cada um quer dar o seu sabor, sabendo que o fruto em si tem o seu sabor determinado por D-us!!!
Gosto  2  4/6 às 14:01


Leo, outra vez repito, os que fizeram as "maldades" q vc cita, são o JOIO, os bovelhas (lobos vestidos de ovelhas), os FALSOS CRISTÃOS, q tb perseguiram e mataram nas fogueiras outros cristãos. Leia o livro Os Mártires, se quiser. Dá pra vc compreender a diferença ou é difícil?
Gosto  4/6 às 14:02


O Povo Judeu é a Luz entre as Nações. Foi o modo no qual D'us encontrou para "falar" como resto da humanidade. O povo judeu é apenas o rádio transmissor que retransmitiu a Torah para a humanidade. -- As informações da Torah não é de uso esclusivo dos judeus. Mas para a humanidade. A graaaaaannde diferença é que nós judeus entendemos desde o início que, o fato de sermos os portadores da Torah, não nos faz especiais e nem nossa verdade deve ser imposta aos outros povos. Diferentes da maioria das religiões que tentam converter outras sejam a força, entregando papelzinho de mão-em-mão, gritando no trem, em praça pública, ou pela TV, através de homens-bomba, etc.
Gosto  2  4/6 às 14:02


Leo, vc sabe quantos comentários já temos? Já chegou no 500º comentário?
Gosto  4/6 às 14:04


Leo, com certeza pelo menos o dedo mindinho do Eterno está neste debate!
Gosto  4/6 às 14:05


Será q já chegamos no comentário de número 500?
Gosto  4/6 às 14:06


Então, eis a questão. Se muitos estão certos de que Yeshayahu (Isaías) - 53 fala SOMENTE sobre o nosso Povo Judeu, então humildemente lhes faço a pergunta: Onde está a Profecia que diz que o Messias beneficiaria a todas as nações?
Editado  Gosto  4/6 às 14:18


Vejamos, é em Yeshayahu - (Isaías) - 53. Provando que o Texto fala TAMBÉM sobre o Mashiach. Mas esta não é única prova, tem muitas outras, e o texto pode sim ser traduzido desta forma...B"H!
Editado  Gosto  4/6 às 14:13


É claro que o texto fala sobre o Povo, lógico. Mas, dizer que o texto NÃO fala, também, sobre o Mashiach; NÃO dá .
Editado  Gosto  4/6 às 14:26


Amigo, a questão é tão básica que prefiro nem procurar citação. É uma questão de princípio, sensibilidade e amor ao próximo. Enfim, toda riqueza traz responsabilidades e a luz serve para Iluminar. Só isso. Nada de "È MEU", "É para mim" e coisas do tipo. Quem tem o sentido internalizado sabe e quem vivencia não precisa alardear, afinal de contas a melhor transmissão é o modelo.
Gosto  3  4/6 às 14:18


Querido amigo Moré: É verdade, mas eu não estou "alardeando" nada, estou apenas comentando no recado que você Publicou. 
Gosto  4/6 às 14:20


Compreendo muito bem o que motiva estes comentários e não tiro a razão, mas prefiro não emular exemplos de argumentação com os quais não nos identificamos histórica e culturalmente.
Gosto  1  4/6 às 14:21


E é tão simples o recado que nem vai me dar a resposta... Tudo bem...Me Desculpe por eu fazer perguntas tão simples e fáceis....
Gosto  1  4/6 às 14:21


Não dirijo todas as palavras a vc amigo Leonardo Carvalho. Uso o assunto como pontapé inicial para expandir a ideia.
Gosto  4/6 às 14:21


Leonardo, para responder sua pergunta, é bem simples. Bastar ler o Talmud, em Avodah Zarah.
Gosto  4/6 às 14:23


Moré: Quanto ao fato de termos pontos de vistas um pouco diferentes dentro do Judaísmo, eu lhe entendo.
Editado  Gosto  1  5/6 às 7:56


Tudo bem.. O Talmud tem sim.. Mas eu pergunto no Tanach...
Gosto  4/6 às 14:24


E eu acredito SIM no Talmud
Editado  Gosto  1  4/6 às 14:24


Ué????? Desde quando tem que estar escrito no Tanach????????? A Torah fogo branco e fogo negro. Renegar a Torah Oral é renegar a Torah.
Gosto  1  4/6 às 14:27


Belo texto, muito bem explicado Rav. More Ventura. Shalom.
Gosto  1  4/6 às 14:27


Amigo Leonardo. A mensagem que estou passando é muito forte e necessária. Muito mais necessária do que referências de versículos. Temos padrões de relacionamento com a sociedade maior e estes se baseiam em milênios de experiência histórica e cultural. são todos carregados de sabedoria e base. Isso significa que os que vem se unir a nós e falar em nosso nome devem prestar mais atenção para o modo como agimos e nos relacionamos, caso contrário acabam, mesmo sem querer, batendo de frente com nossa forma de atuar. A opção é fato e é meu dever conscientizar. EM GERAL NÃO GOSTAMOS DE DISCURSOS EXCLUSIVISTAS EM NOME DO JUDAÍSMO.
Gosto  3  4/6 às 14:27


Fiquei revoltado, por exemplo, ao ver um monte de pessoas recém-identificadas com o judaísmo espalhando mensagens contra o natal no ano passado e comprei a briga, pois nós não fazemos este tipo de coisas e isso, além de mal educado, é contra-producente!
Gosto  5  4/6 às 14:29


Eu si, eu entendo...
Gosto  4/6 às 14:30


André Ranulfo: Acho que você não leu o que eu escrevi, eu disse: E eu acredito SIM no Talmud!
Editado  Gosto  4/6 às 22:35


O que muitos dos recém chegados não percebem é que estão falando de judaísmo como falavam de suas antigas doutrinas. E isso não é judaico!
Gosto  3  4/6 às 14:31


Para se dizer judeu ninguém precisa ficar criticando nos veículos de comunicação o cristianismo ou qualquer outro tipo de religião.
Editado  Gosto  4  4/6 às 14:31


Natal é legal. É um dia de diversão. Sempre foi, sempre será. Adoro ver especiais de natal e filmes natalinos. Todos possuem mensagens fortes.
Gosto  1  4/6 às 14:31


Se for assim, judei não pode ir em festas juninas, que são festas de origem católica.
Gosto  1  4/6 às 14:33


Não entro no mérito de ser legal ou não. Só afirmo que é absurdo ficar pichando a religião alheia em nome de um povo e de uma comunidade que não faz isso.
Gosto  2  4/6 às 14:33


Todas as religiões possuem suas festas e tradições, e precisam ser respeitadas, ninguém tem o direito de ficar julgando o caminho que os outros decidem percorrer, isso é uma coisa pessoal que faz parte da evolução de cada um.
Gosto  2  4/6 às 14:33


Tudo bem Moré.. Eu apenas lhe fiz uma pergunta. Da mesma forma como muitos fizeram e o Sr as respondeu. É uma pergunta como as outras, eu não vejo porque me culpam por isso...
Editado  Gosto  1  4/6 às 22:36


Não culpei vc amigo. Só disse que a linguagem "o Mashiach é ""propriedade"" do judaísmo" não é adequada na minha opinião.
Gosto  3  4/6 às 14:35


Leonardo... estude o Talmud e seja feliz.
Gosto  1  4/6 às 14:36


Vejam, o assunto se desviou completamente. Quando eu faço a pergunta, ao invés de responder, ficam pichando a minha imagem como se eu fosse um criminoso por fazer uma pergunta. É uma pergunta como as outras Moré. Você postou o Texto Publicamente, muitos perguntaram.. não vejo nada de errado nisso...
Gosto  1  4/6 às 14:37


ANDRÉ RANULFO, LEMBRE-SE SEMPRE CHAVER, QUE “A” PALAVRA REVELADA (TORÁ) A SEU TEMPO, É , TEM SIDO, E SEMPRE SERÁ “ MESHUGGAH ” (LOUCURA) PARA OS QUE PERECEM, THINK ABOUT IT...!!!
Gosto  1  4/6 às 14:37


Considero muito vc, Leonardo, De verdade! Mas acho importante pontuar esta questão. Gosto das suas colocações e ideias.
Gosto  1  4/6 às 14:38


Tudo bem... Mas, que eu saiba, os ecritos sobre o Mashiach, vem da Toráh, vem do Tanach, etc..... Alí encontramos as informações sobre o Mashiach, ou seja, no Judaísmo...
Editado  Gosto  4/6 às 14:40


Para entender o conteúdo e informações reveladas no Tanach tem que exercitar o neocórtex. Afinal reptilianos com seus conceitos de territorialidade e funções fisiológicas básicas, e mamíferos com suas emoções e cuidados, ainda não estariam aptos para absorver revelações, embora muitos humanos com seus neocórtices possam visualizar belas imagens e fantasias que suas mentes sem rumo são capazes de criar. Enfim, mentes humanas precisam de um bom software.
Gosto  1  4/6 às 14:38


El-Iézer.. mandou bem... É como a famosa história daqueles que entraram no Pomar (PARDES)... muitas saem loucos.........
Gosto  4/6 às 14:39


LEONARDO! NÃO AGUENTO MAIS RESPONDER TANTAS PERGUNTAS! NÃO SOU MÁQUINA, TENHO FILHOS, FAMÍLIA, TRABALHO, PREOCUPAÇÕES E NÃO ESTOU RESPONDENDO A VARIAS PERGUNTAS. SÓ ACHEI MUITO IMPORTANTE COMENTAR A RESPEITO DA LINGUAGEM QUE USOU.
Gosto  3  4/6 às 14:39


POR que muitos tem falado deste modo em nome do judaismo e é IMPORTANTE que mostremos que ESTE NÃO É NOSSO MODUS OPERANDI!
Gosto  3  4/6 às 14:40


Eu entendi Moré, e creio que você também entendeu...
Gosto  4/6 às 14:41


E todos já entenderam ...
Gosto  4/6 às 14:41


No mais, é como eu disse. Gosto de suas colocações e pessoa!
Gosto  1  4/6 às 14:41


Leonardo... tá até parecendo que vc não aceita o Talmud. Vc é caraíta?
Gosto  4/6 às 14:42


André Ranulfo: Eu lhe disse amigo, Eu Acredido SIM no Talmud!
Editado  Gosto  4/6 às 22:39


Sim amigo! Pergunta boa exige tempo e dedicação!
Gosto  2  4/6 às 14:43


Tudo bem.. Me perdoe Moré
Editado  Gosto  1  4/6 às 14:44


Explicação muito clara, e importante, parabéns Gilberto Venturas, sempre com o foco de somente esclarecer a VERDADE.
Gosto  1  4/6 às 14:44


Pô André, é incrível como tem gente assim no mundo ainda né? E o pior: tudo com ideia troncha achando que assim entenderá um tico de judaísmo. É rir pra não chorar !! kkkkkk
Gosto  3  4/6 às 14:44


Então... Se os sábios, que ficaram 400 anos compilando o Talmud e concentraram toda Torah Oral diz,que na Era Messianica, todos os povos irão reconhecer a Torah. Então tá escrito.
Gosto  1  4/6 às 14:46


Matheus Meir Cardoso: Destas coisas que você escreveu, ninguém fala nada..rsrsrrrrrr Mas vamos rir para não chorar....srsrrrrrr
Editado  Gosto  4/6 às 14:47


Tou a 3 horas nesse lenga-lenga chaver Matheus.
Gosto  4/6 às 14:47


E a resposta ainda nada, né André?
Gosto  4/6 às 14:48


Eu que o diga, Matheus...
Gosto  4/6 às 14:48


Leonardo, vou quebrar teu galho. Busque em: Talmud Babilonico - Avodah Zarah 3b.
Gosto  4/6 às 14:48

Gosto  4/6 às 14:49


Tudo bem...
Gosto  4/6 às 14:49


Tah e no Tanach, onde está? O fato de eu ACREDITAR SIM no Talmud, não significa que eu não possa perguntar sobre as demais Profecias do Tanach, não é verdade?
Gosto  4/6 às 14:50


Mas eu acredito SIM no Talmud, pode ficar tranquilo...
Gosto  4/6 às 14:50


Porém quero mais referências do Tanach...
Gosto  4/6 às 14:51


Ah!!! Vc tb terá uma luz em: Pesahim 118b
Gosto  1  4/6 às 14:51


Agora te faço uma pergunta Leonardo: Aonde diz que judeu tem que por uma Mezzuzah em casa???????
Gosto  4/6 às 14:51


Vou reformular a pergunta: "Aonde na Torah e em todo Tanach, está escrito que todos os judeus devem afixar uma mezzuzah na porta de casa??
Gosto  4/6 às 14:53


Amigo, eu acredito no Talmud! O Shamá fala isso, Devarim!
Gosto  4/6 às 14:54

Gosto  4/6 às 14:54


Leonardo - Em que lugar específico.... Me mostre a passagem exata que diz que tem que afixar a Mezzuzah.-- Quero a fonte: Capitulo e versiculo.
Gosto  1  4/6 às 14:55


André Ranulfo : Devarim (Deuteronômio 6:8-9)
Editado  Gosto  4/6 às 22:41


Deixa- eu ler...
Gosto  4/6 às 14:58


Também as atarás por sinal na tua mão e te serão por frontais entre os teus olhos; 9 e as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.
Gosto  1  4/6 às 15:00

Gosto  4/6 às 15:01


Não vi nada de Mezzuzah nesse texto... Aonde está escrito: Coloque uma Mezzuzah no umbrasl das portas?
Gosto  4/6 às 15:01


Assim diz a Palavra do ETERNO: "Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas." 
Deuteronômio 6:8-9
Editado  Gosto  2  5/6 às 7:38


Até agora... Só li sobre atar palavra a porta... Mas aonde está escrito que tem ser uma caixinha, com o Shim, que tem que ser afixado iba, que tem que ser 1/3 do portal. Que o pergaminho tem que ser um escrito por um escriba, que tem que ser casher, que tem que ser inspecionado pelo menos 1 vez a cada 5 anos... E mais -- Aonde está escrito quais as palavras exatas devem ser escritas nesse pergaminho???????
Gosto  2  4/6 às 15:05


No Talmud! Porém o Talmud faz o que a Toráh Manda. O Talmud vem da Toráh!
Editado  Gosto  4/6 às 15:07


Não vejo porque estas perguntas...Calma amigo, eu acredito no Talmud.
Editado  Gosto  4/6 às 15:08


Isso não está na Torah. --- Na Torah só falar de atar palavra na porta... Mas aonde está escrito sobre a Mezzuzah????
Gosto  4/6 às 15:06


Aí eu lhe pergunto: Por que o Judaísmo hoje tem TANTAS vertentes?
Editado  Gosto  1  4/6 às 15:07


Ortodoxo, Liberal, Reformista, Conservador, etc...? Amo tudo isso... Mas é apenas uma pergunta
Editado  Gosto  4/6 às 15:09


-- Não é vertente... No Talmud está registrado tudo aquilo que foi passado de boca-em-boca. O fato de não estar escrito na Torah escrita, não quer dizer nada. --- SE o Talmud diz... é tão válido quanto a Torah.
Gosto  4/6 às 15:09

Gosto  4/6 às 15:09


Você acende a luz da sua casa no Shabat?
Gosto  4/6 às 15:09


Pois, o autor da Torah é D'us. E D'us em sua infinita sabededoria colocou na Torah o que era importante. Certos pormenores, passou a Moshé, que por sua vez passou para os sábios.
Gosto  3  4/6 às 15:11


Bom amigo, a conversa está muito boa. Mas já que a minha pergunta, tão simples, não foi respondida.. agora eu vou ter que tomar um café... Mais tarde eu volto...
Gosto  4/6 às 15:12


Acendo. E uso microndas. E trabalho em uma plataforma de petróleo. Por isso, trabalho no Shabat.
Gosto  4/6 às 15:12


Vou tomar Café..
Gosto  4/6 às 15:13


Mais tarde falamos amigo..
Gosto  4/6 às 15:13


Lehitraot
Gosto  4/6 às 15:13

Gosto  4/6 às 15:13


Mais tarde... tenho meus afazeres.
Gosto  4/6 às 15:14


um abraço e bons estudos.
Gosto  1  4/6 às 15:14


Só para deixar claro...Somos todos amigos e Irmãos... Nada pessoal, ok...Que o ETERNO,Bnedito Seja ELE, Abençoe a Todos Nós! Alêikhem Shalom.
Editado  Gosto  1  4/6 às 15:15


Muito Obrigado, chaver.!
Gosto  4/6 às 15:15


Eu agradeço... Suas perguntas e fizeram pesquisar. Acabei aprendendo mais.
Gosto  1  4/6 às 15:15


Eu é que agradeço.Este foi o intuito. Agradeça ao ETERNO, B"H! E agradeça também ao nosso caro Irmão, Moré Ventura.   Shalom.
Editado  Gosto  1  4/6 às 22:44


Gilberto Venturas, o seu trabalho é ótimo e vem manter acesar a nosssa chama judaica. Sobre Is-53 refere-se a Yisrael e refere-se ao Mashiach! Ambos inseparáveis é simples assim, todo o tanah aponta nessa direção.
Gosto  1  4/6 às 15:32


YESHUA É O MAIORAL.... ISAIAS FOI UM GRANDE PROFETA MESSIANICO, OVACIONOU MUITO O MESSIAS... DA LHE ISRAEL .... NUMEROS 24-9
Gosto  4/6 às 16:54


Tuuudo de noooovo.
Gosto  1  4/6 às 16:55


João, me responda, quantas vezes vc já viu um judeu ir em uma página cristã para refutar e tentar provar que cristãos estão enganados? Quantas vezes??
Gosto  1  4/6 às 16:57


Entendi João. Contanto que vc nos respeite como nós o respeitamos, tá valendo!
Gosto  4/6 às 17:07


Mas tambem sou uai, da linhagem de juda.
Gosto  4/6 às 17:08


Nome de sua esposa é valéria .... ela tambem é judia
Gosto  4/6 às 17:12


Ótimo, que bom! Vive la différence
Gosto  4/6 às 17:13


Não. Ela é de família cristã. Mas ela não segue nenhuma religião. Mas ela é temente a D'us e simpatiza com explicações e conceitos e judaicos.
Gosto  4/6 às 17:15


Tribo? As 12 tribos se perderam e dissiparam a milênios. Mas se vc quer saber da minha linhagem, sou sefaradi descendentes de judeus da Andaluzia na Espanha.
Gosto  1  4/6 às 17:17


Blz amigo! Estamos aí! vive la différence!!!
Gosto  4/6 às 17:20


Esse post virou a Hidra de Lerna. Você se mata pra explicar a coisa pra um e assim que termina aparecem mais dois.
Gosto  4/6 às 18:12


Mas como se destrói uma hidra? Queimando o cotó. Huahuahu.
Gosto  4/6 às 18:13

Gosto  1  4/6 às 18:25


632 comentários? :S

É uma guemará isso aqui agora?
Gosto  1  4/6 às 18:43


El-iezer vc falar que analisar o modo de vida judaico não leva a lugar nenhum é a maior bobagem que eu já pude ler, desculpe a sinceridade. O Talmud é todo racional com seus debates e assuntos apontando problemas e soluções nas mais diversas formas. O Judaismo é um pensamento racional, então sua visão para mim além de ser estranha não é judaica. E esse papo de entrar na “profecia no oculto” para né !? Vc diz que não é judeu ortodoxo e nem cristão e que se sente a vontade de expor sua opinião, ok ! Graças a D-us vivemos num país democrático onde todos podem dar sua opinião, sejam elas absurdas (como a sua) ou com base. Yahuh pode ser a sua salvação (se é que está palavra existe !?). Eu não vou debater metade dos tolices que vc postou no facebook do rabino Ventura pois para mim vc quer apenas se aparecer com algo que não pode provar e muito menos pode sustentar com alguma lógica, afinal cada um acredita e inventa o que QUER. Se vc quiser debater este assunto pode me procurar no meu facebook e ai eu vou me sentir mais a vontade para te responder, pois já percebi que seus argumentos são falaciosos e eu não costumo dar muita moleza para tais tolices. Fica o convite se tem coragem e conhecimento para debater comigo é só me procurar.
Gosto  1  4/6 às 18:49


Discordo, Hai. A maior bobagem que o Eliezer pode dizer foi aqui:

"Caro Mendel, Se analisarmos as coisas (como você disse) de forma ra-ci-o-nal, não chegaremos a lugar algum, porque coisas espirituais não se discernem com racionalidade humana e nem filosoficamente."

Se não for prá analisar de forma racional porque diabos o Criador dotou a gente de um cérebro, de razão, só começou a descrever o Universo mesmo a partir de quando o homem pode escrever (onde todo o relato anterior não passa de uma breve explicação sem muita delonga) e criou leis?

Me desculpem, mas tem que ser um completo demente supersticioso prá considerar que o Criador vai obliterar a lógica e tratar a inteligência que Ele mesmo concedeu a Sua criatura para diferenciá-la de outras só prá tentar fazer valer uma interpretação erronea.
Gosto  1  4/6 às 18:54


CidaCidinha também te convido a entrar no meu facebook e conversar com vc e responder suas questões, tenho um aluno que é ex-pastor da igreja Renascer e que pode muito bem te ajudar a entender ou compreender uma outra visão que não seja a cristã. Não vou criar no facebook do rabino um clima chato pois o respeito e valorizo o trabalho dele.
Gosto  4/6 às 18:55


Rodolfo eu nem vou exigir que a pessoa estude as obras de um Rambam, Ibn Pakuda....mas escrever esse tipo de tolice chega a "doer meus olhos" tamanha é a falta de boa vontade da pessoa em buscar a luz da Torá. Mas vou fazer o que, é através da ignorancia que as pessoas são dominadas e mantidas num curral de dominio intelectual.
Gosto  1  4/6 às 18:59


Epa!!! "O Mashiach e a era messiânica não são exclusividade de ninguem!" Cuidado com este discurso! A era messianica beneficia TODA A HUMANIDADE!

Eu não sei de quem o rabino parafraseou isso acima. Só que é bom lembrar que por não ser exclusividade de ninguém, não o é somente dos cristãos ou dos muçulmanos igualmente, que levam seus dogmas de modo que só estará salvo quem acredita tal e qual como eles.

Tipo aquela conversinha mole de "aceite Jesus ou morrerá no inferno"
Editado  Gosto  4/6 às 19:01


"Rabi Ventura, eterno More: Vc sempre incansável. Esta causa que vc abraçou (diálogo inter-religioso) requer predicados importantes e difíceis de serem alcançados pela maioria dos mortais, tais como: segurança absoluta qto aos seus conceitos/valores e afirmações (sei que neste ponto, a Tora lhe fornece as ferramentas). Mas tb paciência, compreensão, jogo de cintura, escôlha das palavras certas - ditas e colocadas da forma e no momento certo (p/ não gerarem más interpretações), etc. Porem, creio que o ingrediente mais importante aí, seja sem pieguice, AMOR. Pq só impelido por ele, alguem compraria esta batalha. PS: Já imagino que vc vá mencionar que os demais itens, são igualmente fornecidos pela Tora, especialmente o Amor. Enfim, segue minha sempre gde admiração e abraço, Patricia."

Irretocável, Patricia Naschpitz Wowczyk, irretocável.
Gosto  4/6 às 19:05


Rodolfo o rabino Ventura justamente combateu a questão de que o Mashiach não é uma exclussividade de ninguém, quem afirmou isso foi algum dos debatedores.
Gosto  1  4/6 às 19:07


Sim, eu vi isso e que um dos outros colocou isso sugerindo que o Mashiach seria uma "exclusividade judaica", querendo defender que o Mashiach tem suas atribuições para o bem dos demais.

Só que o rabino mostrou bem que para o Povo Judeu o Mashiach, e melhor dizendo, as ações que ele deverá promover para ser tido como o Mashiach não é algo exclusivo para o Povo Judeu, mas para toda a humanidade.

O que pontuei é que não é dentro do Judaísmo que se tem essa mentalidade de que o Mashiach (ou era messianica, ou tempo de bonança, de o nome que quiser) será exclusivo de um grupo em particular, antes, quem trata as coisas assim são cristãos (não sei se todos) e o islã.
Gosto  1  4/6 às 19:25


Amigo Giberto, boa noite se ainda estiver acordado! Preciso madrugar e serei breve. Li um comentário seu sobre " tantas perguntas". Isso acontece pq vc é um rabino, é como um mestre, sabe mais, tem mais conhecimento e é natural q todos queiram saber de vc muitas respostas. Vc é um líder nesta página do FB. Eu mesma me interessei em participar da sua página pq nunca estive tão próxima de um rabino jovem, muito receptivo e q não fala enrolado. Além do que, vc conhece o Primeiro Testamento muito bem. Mas deve sim, dar prioridade às suas atividades pessoais. Mudando completamente de assunto, como te conheci em um evento sobre saúde, vai acontecer em SP, no final deste mês, um Congresso Internacional sobre Cérebro, Comportamento e Emoções e paralelo a este, um sobre Distúrbios Alimentares. Eu vou. Apesar de eu não ser psiquiatra, os temas são MUITO interessantes e talvez lhe interessem. Gostaria de esclarecer q na minha comunidade cristã, costumamos dizer o MEU DEUS, o MEU SENHOR, o MEU JESUS mas não como se fosse nossa propriedade, o q não é. É algo íntimo e pessoal. Boa noite.
Editado  Gosto  1  5/6 às 3:57


Leonardo Carvalho, vc é um carvalho mesmo!! Estou impressionada com a sua agudeza de pensamentos, inteligência e QUESTIONAMENTOS. Eu entendi a sua pergunta... Tb rolou um estresse com minhas perguntas. Nada q um suco de maracujá não resolva... Parabéns!
Gosto  5/6 às 4:13


Amigo das letrinhas q eu continuo sem saber o nome, vc não me conhece. Eu discordo de muita coisa na igreja cristã e tenho quem me oriente muito bem, mas agradeço o seu interesse mesmo assim.
Gosto  5/6 às 4:30


Todos mimindo. Sonhem com os anjinhos. Vou fazer o mesmo.
Gosto  5/6 às 4:31


Já te respondi no meu perfil então não tenho porque responder aqui.
Gosto  Quinta-feira às 20:48


ENTENDIDO E EXCLUÍDO. SHALOM...!!!
Gosto  Quinta-feira às 21:11


shalom amigão reb ,olha interessante seu comentario,eu particularmente,acredito en yeshua,e acho que vale a pena correr o risco,mais o que mais me chamou a atenção foi a falta de educação de algumas pessoas que mesmo vç pedindo para não postaren comentarios com ofenças,muitos fiserão,isto é muito feio,e quero lembrar estas pessoas que fiserão estes comentarios que na tora esta escrito,que não devemos insultar,ou sequer falar mal de um lider do nósso povo;exodo 22;27,que o amor sempre prevaleça,e o amor é cumpridor da tora.
Gosto  Sexta-feira às 7:49


Hum....então vc quer dizer que os remanescentes dentre o povo de israel se pôs por expiação dos pecados daqueles que dentre o próprio povo judeu os oprimiram e os matavam? Porquê bem sabemos que não e de agora que a maioria do povo tem rejeitado a palavra daqueles que o eterno levantou para fazê-los retornar a justiça e que estes por sua dura servis mataram tantos profetas ....shalom...
Gosto  1  Sexta-feira às 15:03


Responde o Shaul Ben David, Gilberto Venturas... também quero saber......
Gosto  Sexta-feira às 18:14


O pensamento de que Yeshayahu 53 não se refere ao mashiach não condiz com o que muitos sábios judeus disseram a respeito. Os grandes sábios judeus do passado entenderam que Yeshayahu 53 se refere ao mashiach sim! (Midrash Rut Rabah, 2.14, Tratado sanhedrin 98, Musaf para Yom Kippur composto por Eliezer Hakkalir, etc...). Dizer que todos os judeus pensaram que esta passagem de Yeshayahu jamais se referiu ao mashiach não condiz com o que a história nos mostra.
Editado  Gosto  3  Sexta-feira às 19:00


"Nossos sábios Rabinos com uma só voz aceitam e afirmam em comum opinião que o profeta discursa sobre o Messias, e nós devemos aderir ao mesmo ponto de vista". Rabbi Moses Alschech (1508-1600); "Esta é também a opinião de nossos próprios homens instruídos na maioria de seus "Midrashim."" Abravanel (1437-1508); "Neste capítulo parece haver umas semelhanças e umas alusões consideráveis ao ministério do Messias "cristão" e aos eventos que são aplicados para ter acontecido com ele, de modo que nenhuma outra profecia deva ser encontrada o aplica tão bem e o assunto de que pode assim imediatamente lhe ser conferido". Abraham Farissol (1451 - 1526); ""Do mesmo modo esta em Isaías que (Messias) apareceria sem reconhecer um pai ou uma mãe": Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca..." Maimônides (1135-12O4); "Há no jardim de Éden um palácio chamado: 'O palácio dos filhos da enfermidade, este é palácio que o Messias entra, e chama sobre si cada doença, cada dor, e cada castigo de Israel: então todos vêm e caem sobre Ele. E assim tirou o peso de Israel, e os levou sobre si mesmo. Não havia nenhum homem capaz de carregar a punição de Israel por causa da transgressão da lei; este é aquele do que é escrito, Verdadeiramente ele tomou sobre si (Isa.53, 4). - Enquanto lhe dizem (o Messias) da miséria de Israel em seu cativeiro, e daqueles infiéis entre eles que não atenderam em conhecer seu Senhor, Ele (o Senhor deles o Messias) levanta sua voz e chora para pelas iniqüidades e infidelidades deles; e assim escreve-se, "ele foi ferido por causa de nossas transgressões" (Isa.53,5). Midrash (em Ruth 2.14): É discurso do rei Messias – ‘venha em direção’, isto é próximo ao trono; "coma do pão", isto é o pão do Reino. 'Isto alude a (pão da) aflição, enquanto é dito, "mas foi ferido por causa de nossas transgressões, afligido por causa nossos iniqüidades" Rabi Shimom Ben Yochai; "vem aprender os méritos do Rei Messias e a recompensa do justo - Considere quantas mortes levou sobre si, de sua própria geração, e sobre daquelas que os seguiram, até o fim de todas as gerações. Qual atributo é maior, o atributo da bondade, ou o atributo da vingança? '- Respondeu, 'o atributo da bondade é maior, e o atributo da vingança é menor. ' - ' quanto mais então, o Rei Messias, que resiste as aflições e as dores por causa de nossas transgressões (pois se escreve, 'foi ferido...), justificam todas as gerações.
Este é o significado da palavra, mas o Hashem fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós". (Isa.53:6). " Yossef HaGalili. Espero não ser acusado pelos irmãos (copia e cola, cristão, missionário, etc...). Estou apenas mostrando que tal entendimento sobre Yeshayahu 53 não se referir ao mashiach não é unânime entre os judeus e chazal sempre entendeu que este passuk realmente se refere a Mashiach. Porém, entendo que é normal os judeus de hoje refutarem este entendimento, pois toda uma bagagem pesada posta nas costas de todos nós pelo sistema religioso vigente nos faz deturpar o entendimento de chazal e a própria tanach para proteger nosso povo. Não tiro a razão dos judeus, pois todos nós, falo isso por que minha familia foi destruída pela conversão forçada/inquisção, sofremos por causa do irracionalismo religioso. Bendito Seja Hashem por ter protegido nosso povo contra o falso messias romano, filho de Constantino.
Editado  Gosto  2  Sexta-feira às 19:19


Amigo Rav Gilberto Venturas. Eu detesto contrariar as pessoas. Estive estudando sobre Isaías 53, e percebo que os judeus ficam extremamente chateados quando falamos de Brit Chadassha, Yeshua é o Messias, eu percebo isso. Mas a respeito do que o Pablo Gomes escreveu acima, realmente, eu até conheço as fontes que ele cita, pois isto até disponível na internet aos montes. 

Depreende-se disto que essa compreensão judaica de Isaías 53 como se referindo a Israel é uma compreensão atual e os sábios de outras gerações (não foram poucos) aplicaram a passagem ao Messias, e mesmo sobre o atual há divergências entre vocês rabinos. Nem todos creem que se refere ao holocausto por exemplo. 

Enfim, prefiro não argumentar em cima disso, pois eu não quero mesmo perder o amigo, minha posição quanto Yeshua hoje é a seguinte, quando vier o messias, perguntei a ele se vem pela primeira ou segunda vez. Pergunto a você sobre Isaías 7:14 e 9:4 que é muito aplicada a Yeshua pela religião cristã e a religião messiânica. 

ps: não falo aqui "judaísmo messiânico" em respeito ao Moré Ventura.
Gosto  Ontem às 19:46


Nao sei porque o medo Judaico de atribuir Isaias 53 a Yeshua...foi um Judeu...homem simples,e viveu dentro da cultura judaica...NA verdade nao conseguem processar Yeshua e o Paulo apostolo....que foi na verdade outro grande Rabino que escolheu por ele proprio mudar o rumo do que pensava.... mas o tempo na realidade vai nos dizer se era...nao era e se ainda e.
Gosto  Ontem às 19:56


Sobre o Messias sacrifício: "Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido." (Is 53:8) 

"E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca." (Is 53:9)

Perceba: 

foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. E puseram a sua sepultura com os ímpios, ainda que nunca cometeu injustiça. 

Ele (Yeshua ou Israel)? foi cortado da terra dos viventes pela transgressão de meu povo (Israel de novo)?

Se aplicarmos a Israel então podemos ler assim: 

"Israel foi cortado da terra dos viventes pela transgressão de Israel." 

Outra proposta: 

Yeshua (ou O messias) foi cortado da terra dos viventes pela transgressão de meu povo Israel.

Perguntam para mim:

Pode estar errada esta colocação? Respondo a possibilidade de sim.

Tem como dizer que esta passagem não tem nada a ver com Yeshua? Isso já não posso dizer já que conheço os evangelhos. É só comparar Is 53 com os evangelhos então não temos como dizer não tem nada a ver, para mim pelo menos tem sido impossível.
Gosto  1  Ontem às 20:10


Estamos aqui para aprender sobre judaísmo.
Gosto  Ontem às 20:10


no fim o querido Rav escreve assim: "Mas como pode ser que os versículos que retratam o servo do cp 53 referem-se ao povo de Israel, se o chamam de "Expiação pelos nossos pecados", "Ovelhas que foram mudas ao matadouro" e etc, se o mesmo povo pecou tantas vezes?"

"REMANESCENTE JUSTO" do povo de Israel que permanecerá FIEL ao Eterno e que mesmo assim fora oprimido por diversas nações.

Quem é esse remanescente fiel? 

Para quem acredita na brit chadasha essa passagem do Rabino Shaul é bem conhecida: 

Irmãos, não quero que ignorem este mistério, para que não se tornem presunçosos: Israel experimentou um endurecimento em parte, até que chegasse a plenitude dos gentios. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: "Virá de Sião o redentor que desviará de Jacó a impiedade.E esta é a minha aliança com eles quando eu remover os seus pecados". (Romanos 11:25-27)

O remanescente segundo Paulo (Shaul) são pessoas do povo de Israel que é em parte(v.25), e como podemos observar hoje, o número de Judeus que acreditam em Yeshua como o Messias é bem pouco, mas por incrível que pareça tem crescido, incusive rabinos. Também percebo que há judeus que creem, mas não confessam, talvez por medo de ser rejeitado. É o que tenho percebido pelo menos. Acontece que este remanescente, embora tenha a lei no coração (Is 51:7), estes também são pecadores (Rm 3:23), contudo pecadores justificados (Is 53:11).
Gosto  1  Ontem às 20:35


Por último, existe um conceito no pensamento judaico "no judaísmo antigo pelo menos" que afirma ser possível uma pessoa morrer por outra que é o Caparat Hador:

"No início do décimo capítulo de Vayikrá (Levítico) narra-se a trágica morte de Nadav e Avihu, os filhos de Aarão. Conforme a Torah entende-se que o seu pecado foi ter oferecido fogo estranho a Deus, quando Ele não recomendou (ver Lev. I, 7). Moshe e todo o povo esperava que o fogo viesse do céu, como viria a acontecer mais tarde com o profeta Elias (I Reis XVIII, 38), portanto, seria glorificar o nome de Deus. Além disso, o Midrash (Rabá Vayikrah) atribui a morte dos filhos de Aarão a outros motivos, e um deles seria a morte por caparat Hador (para expiar os pecados do povo de sua geração), ensinando que a morte do justo serve como expiação dos pecados e culpas dos pecadores, ajudando a orientá-los na direção certa. Esta é a razão que, no Dia da Expiação/Perdão (Kippur) lê-se o trecho da Torá que menciona a morte dos filhos de Aarão". --- Portanto, o Midrash demonstra que sempre houve presente no pensamento judaico o reconhecimento de que é algo totalmente correto e comum ao povo judeu entender que a morte de um tsadik/justo (no caso, Yeshua HaMashiach) expiaria/perdoaria os pecados e culpas do povo, com a finalidade de orientá-los na direção correta. Desta forma, ao contrário dos que muitos pensam, conforme o pensamento judaico, pode sim um homem morrer como sacrifício pelos demais, como expiação pelos pecados daqueles." 

Acontece que um injusto não pode expiar os pecados de ninguém, por isso eu sou proibido de querer dar minha vida para salvar alguém porque por mais que tente ser justo eu já transgredi a lei de Deus.
Gosto  2  Ontem às 20:39


Por fim, creio que mantive o nível da discussão elevado o quanto alcanço. Me perdoem amigos por qualquer coisa.
Gosto  1  Ontem às 20:43


Acredito que a congregação do Mestre Yeshua, tido como Messias para alguns judeus da época que abraçaram a Fé nele e seguido por alguns de hoje era 100% religião judaica. Não era cristianismo, pois essa religião com as configurações que conhecemos surgiu séculos depois em Roma. É outra religião, o Jesus romano tem traços do Messias do Novo testamento, mas não é o mesmo que os talmidin de Yeshua e os Shalim creram.
Gosto  1  Ontem às 20:46


Gostaria de saber,o que significa o versiculo 22 do capítulo 3 de Gênesis na BÍBLIA HEBRAICA:"E O ETERNO DEUS disse :"" Eis que o homem se tornou como um de NÓS para conhecer o bem e o mal '"?QUEM SÃO ESSE NÓS?
Gosto  Hoje às 3:59


Esta questão de proselitismo é complicado. Não vi ninguém aqui fazer proselitismo, mas sim defender sua opinião. Se o simples ato de defender uma opinião é fazer proselitismo então todos nós somos proselitistas.
Gosto  há 2 horas


Amigos Gilberto ou Ronaldo Jacob Martins, apesar de não ser parte de Is. 53, quem são esse "NÓS" q Alba Velasco citou?
Editado  Gosto  há 1 hora


bom se muitos ñ sabem por ñ terem muita ideia quando escreveram o novo testamento muitos escritores greco-romanos pegaram um pouquinho em cada parte da Torah acrescentaram e fizeram este presente de grego a toda humanidade é só procurar saber historia da igreja ha 2mil e quinhentos anos atraz que encontra! Muito incosequentes fizeram isto pra hj ta a bagunça que ta na mente humana!! Bom um ex: vçs ja viram falar na torah de anticristo? Ñ né pq vçs acham que surgio isto no nt? Justamente pq os judeus ñ teem jesus yeshua yashua como messias! É só prestar! Atenção! filhos do criador!

Labels

Blog archive

Blogroll

Search

Popular posts

Protestante por consciência calvinista e zuingliana, um teísta remanescente (cristão integrado na Oholyáo de YÁOHU UL/Ele-Ela) antinominiano esteta ecuménico e inclusivo

Blogger templates

Blognovela - Simplismente Layla

Capítulo 1: De volta ao passado oco Capítulo 2: Varão em perigo Capítulo 3: Desodorante Roll-on Capítulo 4: Travesti de Satanás Capítulo 5: Tragédia em Cristo Capítulo 6: Evangelizando na Cadeia Capítulo 7: Direto para o Inferno Capítulo 8: Inimigo Misterioso Capítulo 9: Ataque Satânico
Capítulo 10: A Noite da Concepção (revelação da paternidade de Layla Camila) Capítulo 11: O tempo não pode apagar
Capítulo 12 - Final: The End (o fim em inglês)


Fluir.tv
edsom on livestream.com. 


A minha Lista dos meus blogues

Número total de visualizações de página

Blogger templates

Inspiration Report
If your brothers in Christ were to describe you in one word, what would it be?
In many old letters, I noticed several friends wrote down that when they think of me, they get the word: “happy”. Warmed my soul.
It reminded me of a statement that an old roommate made about me last year: “I can’t ever imagine you depressed.” It floored me, because I wasn’t always like this. I spent a lot of my youth just generally bummed out about life. And then in my 20s, I was always lamenting whatever I didn’t have.
However, something about my 30s has filled me optimism. I wish I could tell you what it is, but I simply determined to enjoy my life. I want to be happy. I seek out happy things, and miraculously happiness seems to find me.
Pastor and author Joel Osteen is famous for speaking up for happiness and the importance to practice it every day. You can’t wait for circumstances to get better. You have to create your own good fortune. So look for ways to be happy every day.
“Seek and ye shall find.” Read the follow-up blog: What Makes You Happy?
More Wisdom from The Osteens:Joel Osteen on the Creative Power of Words Become a Better You Victoria Osteen Says ‘Love Your Life’
Read more:

This Week on Hour of Power - Easter 2011 from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.

Hour of Power Ep. 2151 - Full Hour from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.