domingo, 25 de agosto de 2013

Link sobre Disciplina activa - "Shunning" e similares





 Quando "Maria" apareceu em Fátima:



Falou da doutrina do Céu,

Falou da doutrina do Inferno,

Falou da doutrina do Purgatório.





Primeiro, o Céu.



A 13 de Maio de 1917, quando a Lúcia perguntou "De onde é Vossemecê?" a Senhora respondeu "Sou do Céu".



Nossa Senhora está no Céu, em corpo e alma. E o Céu é um local, um verdadeiro lugar, e não apenas um estado de espírito. E, de acordo com a Mensagem, é um lugar para onde nós só iremos se vivermos a vida sacramental da Graça santificante, como membros do Corpo Místico de Cristo que é a Igreja Católica.







Nossa Senhora recordou-nos também a doutrina do Inferno. Que o Inferno existe. Que é um lugar; e que há almas de pessoas que vão para lá, já para lá têm ido, e lá estão agora. Decerto Nossa Senhora não concordava com o teólogo progressista Hans urs von Balthasar que especulava que "o Inferno existe, mas é (e está) vazio".



Não. Nosso Senhor disse: «a Verdade te libertará». E o reforço de Nossa Senhora acerca da doutrina do Inferno liberta-nos de todos os erros de von Balthasar e dos seus seguidores, quem quer que eles possam ser.



Servindo-se de um modo ainda mais dramático, Nossa Senhora não se contentou apenas em falar sobre a realidade do Inferno a crianças tão pequenas. No dia 13 de Julho de 1917, Nossa Senhora de Fátima mostrou aos três pastorinhos a terrível visão do Inferno.







Tal é o relato da Irmã Lúcia nas suas Memórias:



«Nossa Senhora ...abriu de novo as mãos, como nos dois meses passados. O reflexo pareceu penetrar a terra, e vimos como que um mar de fogo. Mergulhados nesse fogo, os demónios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras, ou bronzeadas, com forma humana, que flutuavam no incêndio, levadas pelas chamas que delas mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das faúlhas nos grandes incêndios, sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero, que horrorizava e fazia estremecer de pavor. (Devia ter sido ao deparar-me com esta vista, que dei esse "ai!" que dizem ter-me ouvido). Os demónios distinguiam-se por formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes como negros carvões em brasa. Esta vista foi um momento. E graças à nossa boa Mãe do Céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o Céu (na primeira aparição)! Se assim não fosse, creio que teríamos Então Nossa Senhora disse-lhes:



«Vistes o Inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração.»







Tal foi a visão aterradora dada a conhecer aos pastorinhos. A Irmã Lúcia disse muito claramente que «Os demónios distinguiam-se das almas dos condenados». Portanto, isto demonstra que a teoria de von Balthasar – de que o Inferno existe, mas vazio; ou, em alternativa, que "sabemos que existem demónios no Inferno, mas não sabemos se, na verdade, há seres humanos no Inferno" – é completamente falsa. Há demónios no Inferno, e há almas de pessoas no Inferno. Foi essa visão que deu aos pastorinhos a Graça e a coragem de fazerem sacrifícios heróicos para a salvação das almas.

Nossa Senhora reforçou ainda os ensinamentos acerca do Purgatório.



A 13 de Maio de 1917, Lúcia perguntou a Nossa Senhora por duas amigas que tinham morrido há pouco.

Perguntou a Lúcia: «A Maria das Neves já está no Céu?» (era uma rapariga que tinha falecido por volta dos 16 anos).

Nossa Senhora respondeu: «Sim, já está no Céu».

A seguir, Lúcia perguntou por uma outra sua amiga que tinha morrido entre os 18 e os 20 anos de idade: «E a Amélia?»

Nossa Senhora respondeu: «ela ainda vai ficar no Purgatório até ao fim do mundo.».

Tal afirmação de Nossa Senhora vai ainda contra as falsas crenças protestantes que não acreditam no Purgatório. Só com esta asserção – «ela ainda vai ficar no Purgatório até ao fim do mundo» –, Nossa Senhora está a dizer aos Protestantes: "a vossa doutrina protestante que rejeita o Purgatório é falsa".

Nossa Senhora reforçou a doutrina do Sacramento da Confissão, ao estabelecer a confissão sacramental como condição necessária às almas para cumprirem o que era requerido na devoção dos Cinco Primeiros Sábados.

E uma vez mais, por este meio, Nossa Senhora está a dizer aos nossos amigos Protestantes: "a vossa doutrina protestante que rejeita o Sacramento da Confissão é falsa".





retransmisión en directo 2 retransmisión en directo



Medo. Queimar eternamente. É aceitável Desde que D' US não seja bom. Nem amor

E a justiça 

o seja uma 

balança de 

precisãO.

Beto Póvoa
Beto Póvoa25 de Agosto de 2013 
Quanto ao conceito que se faz de D'us, se Ele é Bom ou não por causa de fazer isso ou aquilo, vejo como algo perigoso...

retransmisión en directo


retransmisión en directo


retransmisión en directo Jehovah's Witnesses and Shunning retransmisión en directo


retransmisión en directo http://jehovahswitness.tumblr.com/post/59510508/shunning-what-does-it-do



TEMA AMPLIADO


retransmisión en directo Parte I: 


retransmisión en directoSHUNNING - DESASSOCIADOS retransmisión en directo


retransmisión en directo Parte II:


retransmisión en directo http://www.xjw.com/jw2shun.html

Labels

Blogroll

Search

Popular posts

Protestante por consciência calvinista e zuingliana, um teísta remanescente (cristão integrado na Oholyáo de YÁOHU UL/Ele-Ela) antinominiano esteta ecuménico e inclusivo

Blogger templates

Blognovela - Simplismente Layla

Capítulo 1: De volta ao passado oco Capítulo 2: Varão em perigo Capítulo 3: Desodorante Roll-on Capítulo 4: Travesti de Satanás Capítulo 5: Tragédia em Cristo Capítulo 6: Evangelizando na Cadeia Capítulo 7: Direto para o Inferno Capítulo 8: Inimigo Misterioso Capítulo 9: Ataque Satânico
Capítulo 10: A Noite da Concepção (revelação da paternidade de Layla Camila) Capítulo 11: O tempo não pode apagar
Capítulo 12 - Final: The End (o fim em inglês)


Fluir.tv
edsom on livestream.com. 


A minha Lista dos meus blogues

Número total de visualizações de página

Blogger templates

Inspiration Report
If your brothers in Christ were to describe you in one word, what would it be?
In many old letters, I noticed several friends wrote down that when they think of me, they get the word: “happy”. Warmed my soul.
It reminded me of a statement that an old roommate made about me last year: “I can’t ever imagine you depressed.” It floored me, because I wasn’t always like this. I spent a lot of my youth just generally bummed out about life. And then in my 20s, I was always lamenting whatever I didn’t have.
However, something about my 30s has filled me optimism. I wish I could tell you what it is, but I simply determined to enjoy my life. I want to be happy. I seek out happy things, and miraculously happiness seems to find me.
Pastor and author Joel Osteen is famous for speaking up for happiness and the importance to practice it every day. You can’t wait for circumstances to get better. You have to create your own good fortune. So look for ways to be happy every day.
“Seek and ye shall find.” Read the follow-up blog: What Makes You Happy?
More Wisdom from The Osteens:Joel Osteen on the Creative Power of Words Become a Better You Victoria Osteen Says ‘Love Your Life’
Read more:

This Week on Hour of Power - Easter 2011 from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.

Hour of Power Ep. 2151 - Full Hour from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.